DestaqueEducaçãoLondrina

Prefeitura de Londrina realiza teste seletivo para contratação de professores para atuação em projeto

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Recursos Humanos, publicou o edital nº 15/2018, referente ao Teste Seletivo para contratação de educadores, por tempo determinado. Os docentes irão atuar no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano), desenvolvido pelo governo federal em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. As inscrições para o teste seletivo serão abertas na próxima terça-feira (30).

O edital completo pode ser acessado na edição nº 3.443 do Jornal Oficial do Município, disponível na página inicial do Portal da Prefeitura, no link https://goo.gl/C27UJK.

Foram disponibilizadas sete vagas para docentes, com carga horária de 30 horas. Os cargos disponíveis são Educador do Ensino Fundamental – EJA Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas; Educador de Participação Cidadã; e Educador Qualificador Profissional para Arco Administração e Formação Técnica Geral (FTG).

O edital exige o ensino superior completo e experiência, comprovada por meio de declaração ou certidão emitidas por órgãos públicos, ou registro em Carteira de Trabalho, no caso de experiência na área privada. A remuneração dos docentes será de R$3.575,38.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas pelo Portal da Prefeitura de 30 de janeiro a 13 de fevereiro. A taxa de inscrição, no valor de R$70,00, deve ser paga até o dia 14 de fevereiro. Podem solicitar a isenção do pagamento da taxa candidato que esteja desempregado, ou que seja servidor público municipal.

O requerimento para isenção da taxa aos candidatos desempregados foi publicado como anexo do edital, e deve ser entregue pessoalmente nos dias 1 e 2 de fevereiro, junto com a documentação comprobatória, na Secretaria Municipal de Recursos Humanos da Prefeitura, das 9 às 17 horas. A SMRH fica situada no segundo andar do prédio da Prefeitura, na Avenida Duque de Caxias, 635.

Processo de seleção

A prova objetiva, prevista para ocorrer na manhã do dia 4 de março, será de caráter classificatório e eliminatório. Serão aplicadas 40 questões de múltipla escolha, com nota máxima de 100 pontos. O candidato que não atingir a pontuação mínima de 50 pontos será desclassificado.

No mesmo dia da prova objetiva, os candidatos deverão apresentar, para prova de títulos, os comprovantes de escolaridade. A prova de títulos será classificatória, concedendo no máximo 15 pontos a cada candidato.

A divulgação das notas na prova objetiva, e relação de aprovados dentro da nota de corte para análise de títulos, deve ocorrer no dia 9 de março. O candidato terá dois dias úteis, a contar da publicação, para interpor recurso quanto ao resultado de sua pontuação ou classificação.

 

Com informações do Tarobá News

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close