CidadesLondrinaPolicial

Prefeitura de Londrina intensifica patrulhamento preventivo da Guarda Municipal

As ações visam aumentar a sensação de segurança e aproximar a instituição da população londrinense

A Prefeitura de Londrina, por meio da Guarda Municipal(GM), intensificou o patrulhamento preventivo no centro da cidade, na região dos lagos e no zerão, durante as manhãs e finais de tarde. Do mês de janeiro até o final de maio, a GM registrou 790 boletins de ocorrência na região central. De acordo com informações da Secretaria Municipal de Defesa Social, o objetivo das ações é aumentar a sensação de segurança dos munícipes e garantir o bom funcionamento dos serviços públicos.

Foto: Bruno Amaral

Dados da central de comunicação e monitoramento da guarda apontam que em abril, mês de início da intensificação, foram registrados 158 PBs (Ponto Base) no calçadão, 154 na região dos lagos Igapó e 48 no Zerão. Durante o mês de maio foram registrados 140 PBs no calçadão, 87 na região dos lagos e 72 no Zerão.

O secretário municipal de Defesa Social, Pedro Ramos, ressaltou a importância em dar visibilidade ao trabalho executado pela Guarda e Defesa Civil.  “Nós sabemos que tão importante quanto a segurança, é a sensação de segurança que o cidadão sente ao ver um órgão de segurança exercendo seu trabalho. Nós procuramos, principalmente nos horários de menor incidência de ocorrência, fazer com que as viaturas da guarda possam ficar a maior parte do tempo de forma ostensiva nos logradouros públicos para trabalhar a sensação de segurança”, explicou.

Elias Filho, garçom em um restaurante da região central, falou que se sente mais seguro. “Honestamente, a gente tem sentido mais a presença da Guarda Municipal aqui no centro. Eu trabalho num restaurante e a gente se sente seguro. Inclusive, acompanho o trabalho pela imprensa e pela internet. Sinto que a preocupação da guarda em cuidar da cidade e mostrar suas ações para a população vão além das ruas. Coisas que nós, jovens, não saberíamos se não fosse pelas redes sociais”, pontuou.

Novas metodologias – Informações da inspetoria da GM apontam que essa ação tem aproximado a população da instituição, o que contribui com a efetividade das ações de segurança pública num contexto geral. Em 2017, a Defesa Social, passou a adotar a metodologia de trabalho de patrulhamento preventivo semifixo na rotina da Guarda Municipal. Após análise, a Secretaria optou por mudar a forma de atuação a fim de melhorar e ampliar o atendimento na parte da segurança pública.

Foto: Bruno Amaral

A Guarda Municipal de Londrina conta com viaturas em todas as regiões da cidade, 24 horas por dia, inclusive nos distritos rurais, além de motos de apoio. No caso da zona rural, o secretário afirmou que a GM presente ajuda a cuidar da população. “A presença do agente de segurança é a presença do poder público naquela localidade. E isso tem refletido positivamente diante daquelas pessoas”, disse.

Ainda de acordo com Pedro Ramos, a Defesa Social está preparando um plano para complementar e otimizar a segurança nas instalações municipais. “Esperamos, dentro de um diagnóstico que estamos concluindo, o chamado Plano de Segurança das Instalações, otimizar a aplicação das viaturas em razão do trabalho de monitoramento que será feito nos imóveis. Com esse monitoramento eletrônico nós vamos disponibilizar melhor as viaturas. Assim, elas vão poder ficar mais tempo em logradouros com grande circulação de pessoas”, explicou.

Em caso de emergência ou suspeita, o serviço pode ser acionado pela central 153. A ligação é gratuita de qualquer aparelho telefone.

Fonte
Bruno Amaral/Defesa Social - Londrina

Artigos relacionados