DestaqueIbiporã

Prefeito de Ibiporã, João Coloniezi emite resposta sobre pedido de cassação

O Prefeito João Coloniezi falou na noite de ontem sobre a denúncia apresentada pelo vereador Kleber Machado.

Segue resposta enviada por WhatsApp:

“Tomei conhecimento que um Vereador protocolou pedido de investigação na Câmara Municipal alegando que o Prefeito João Coloniezi deixou de prestar informações. É sabido por todos que a Lei Complementar 101/2000, mais conhecida como a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Acesso de acesso à informação 12527/2011 ditam as regras para a prática da boa gestão nos Municípios, obrigando as prefeituras a manter sites atualizados de buscas com todos os processos administrativos incluindo;     Atos Oficiais, Legislação, Pessoal, Administração, Assistência Social, Ouvidoria, Jornal Oficial, Relatórios de Receitas e Despesas, Licitações e Contratos, Saúde e Educação, PPA e LDO, Atendimento ao Cidadão, IPTU, NFE-Nota Fiscal Eletrônica, Portal do Servidor e muitas outras informações gerais da administração. Desconhecer tudo isso significa alegação vazia com intuito politiqueiro de auto-promoção”.

João Coloniezi está em viagem oficial a Brasília, onde tenta destravar alguns contratos com o Executivo Nacional, que foram paralisados no final do ano passado.

Entenda o caso:

Um assunto tomou conta das redes sociais na tarde de ontem, segunda-feira (12), um possível pedido de Cassação do atual prefeito de Ibiporã João Toledo Coloniezi.

O vereador Kleber Machado do Partido da República (PR), protocolou na última sexta-feira (8), denúncia de Improbidade Administrativa e Infração Político Administrativa. Segundo argumento do vereador, requerimentos de Informações dos gabinetes dos vereadores estão sem respostas.

Em entrevista ao Portal Tudo e Rádio Alternativa FM, Kleber Machado disse que além do pedido protocolado na última sexta, será protocolada ainda hoje outra denúncia contra o atual Prefeito de Ibiporã João Coloniezi. Esta segunda denúncia seria sobre leis sancionadas que não estão sendo cumpridas e/ou aplicadas. Além disso, na mesma denúncia também consta que o houve renúncia de receita por liberar IPTU, por parte da Administração Municipal, sem apresentação da planta genérica de valores ou projeto com aprovação da Câmara e descumprimento regimental infringindo regimento interno, lei orgânica do município e legislação.

Próximos passos:

Após leitura das denúncias em plenário, a mesa executiva da Câmara Municipal de Ibiporã, deverá convocar as comissões e comunicar o Fórum Eleitoral de Ibiporã, para a convocação do suplente do vereador Kleber Machado, autor das denúncias. Segundo dados disponíveis no site do Tribunal Regional Eleitoral, o suplente de Kleber Machado é o ex-vereador Laffayette Forim, que na eleição de 2017 se candidatou pelo Partido da República (PR), e obteve 948 votos.

A convocação do suplente só se dará após a confirmação do Fórum Eleitoral da aprovação das contas de Laffayette naquela eleição.

A reportagem do Portal Tudo e Rádio Alternativa FM tentou contato com o atual presidente da Câmara de Ibiporã, Victor Carreri, mas não obteve sucesso.

Artigos relacionados

Close