LondrinaManchete

Policiais são presos em Londrina acusados de desviar cargas apreendidas

A Polícia Civil do Paraná realizou na manhã desta quinta-feira (13), em Londrina, uma operação objetivando o combate à corrupção no meio policial. Sete policiais, com idades entre 35 e 49 anos, foram presos com mandados de prisão temporária contra eles, acusados de desviar cargas apreendidas durante o desempenho de suas funções.

Quarenta e cinco policias civis participaram da ação. Além das prisões, foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos servidores.

Os servidores são investigadores de polícia que trabalham em Londrina. Entre os presos estão o superintendente da Polícia Civil e o chefe de investigação de furtos e roubos na Subdivisão Policial de Londrina.

Um policial civil foi o ponto inicial para desencadear a investigação. Ele levantou suspeitas após uma apreensão de carga de um caminhão carregando vindo do Paraguai.

Os presos responderão pelos crimes de peculato e associação criminosa. Além disso, podem ser punidos na esfera administrativa, com a demissão de seus cargos.

Quem está a frente da investigação é o delegado Marcelo Lemos, que concederá entrevista coletiva ainda na manhã nesta quinta, às 10h30, em que deverá fornecer detalhes sobre a operação.

Artigos relacionados