Foto: Vivian Honorato

Com a crescente demanda de casos respiratórios em Londrina, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou uma atualização na rede de atendimento. A partir desta quinta-feira (20), às 7h, passam a atender exclusivamente casos suspeitos de Covid-19 e síndromes respiratórias o Pronto Atendimento (PA) do Leonor (24 horas por dia) e a Unidade Básica de Saúde da Vila Ricardo (das 7h às 19h). O PA do Leonor conta cm três médicos, 24 horas por dia, para atender os pacientes. Já a UBS da Vila Ricardo, assim como as demais respiratórias, também tem outros três.

Agora, a cidade conta com seis locais exclusivos para acolher essa demanda, que são: as Unidades Básicas de Saúde do Chefe Newton, do Guanabara e da Vila Casoni e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, além dos dois citados anteriormente. As informações foram repassadas na manhã desta quarta-feira (19), pelo secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, durante a coletiva de imprensa.

O secretário da pasta, acredita que com a entrada do PA do Leonor, na rede de atendimento 24 horas por dia, a SMS consiga diluir a demanda de cerca de 2.000 pessoas que buscam a rede pública de saúde diariamente. “É mais uma atualização que a Secretaria de Saúde de Londrina faz, haja visto que temos observado uma grande demanda de síndromes respiratórias, em especial, durante a madrugada. Identificamos a necessidade de um suporte para a UPA do Jardim Sabará. E, o PA do Leonor é uma unidade 24 horas, recentemente, reconstruída pela Prefeitura de Londrina, com uma grande estrutura, e pretendemos com isso ampliar nossa capacidade de atendimento”, disse o secretário de saúde.

De acordo com os dados oficiais, na primeira semana de janeiro de 2022, foram abertas 2.243 fichas de atendimento na UPA do Jardim Sabará e nas UBS Guanabara e Casoni. Destes, mais de 80% foram de casos leves e apenas duas de alto risco. Já na segunda semana do ano (de 9 a 15 de janeiro) foram atendidas e classificadas 3.891 pessoas, ou seja, mais de 1.500 pacientes em comparação com a semana anterior. Entre eles, cerca de 3.400 eram casos leves, 400 intermediários e dois de alto risco. Na atual semana (de 16/01 até o momento), já foram 5.338 fichas computadas, ou seja, o dobro de casos em relação a primeira semana de 2022. Entre os contaminados desta semana, 91,53% foram casos leves, 8,35% foram classificados como intermediários e seis como grave.

Remanejamento dos pacientes – Os pacientes cuja unidade de saúde de referência era a UBS da Vila Ricardo ou que utilizavam o PA do Leonor, e que não estiverem com sintomas gripes ou de Covid-9, devem buscar ajuda dos profissionais da saúde da Unidade Básica de Saúde do Maria Cecília e do União da Vitória ou, ainda, na UPA do Jardim do Sol, em casos de emergência. Também é possível receber o atendimento pelo serviço de telemedicina.

Telemedicina – Aqueles que positivaram para Covid-19 e precisam de orientação médica ou mesmo de atestado para apresentar em seu local de trabalho ou estudos podem utilizar o serviço de telemedicina pelo 0800-400-1234, que funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 18h. Há quatro médicos à disposição da população, para realizar a consulta à distância e repassar as orientações sobre o tratamento e isolamento social. De segunda-feira (17) até hoje, 546 pessoas utilizaram a Telemedicina da Prefeitura.

O serviço é voltado somente para os casos positivados de Covid-19, seja por meio de testes de farmácia ou de laboratórios particulares. “Desde segunda-feira, o serviço tem atendido uma grande demanda, consequentemente, tem colaborado para desafogar os casos positivos que buscam as Unidades Básicas de Saúde. Isso porque, grande parte da população que busca as nossas unidades refere-se as pessoas assintomáticas ou com sintomas leves, que fizeram a testagem na rede privada ou em farmácia e tiveram o resultado positivo, necessitando do atestado médico para apresentar em seu trabalho”, elucidou Machado.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009