A temporada 2016 do projeto Palcos Musicais começa na próxima quinta-feira (12) com um circuito de oito apresentações de música erudita e instrumental, três masterclasses e uma aula show para estudantes, contribuindo significativamente para valorização da cultura musical de Londrina. A programação destaca fortes nomes da música instrumental brasileira, culminando em uma mostra de Música Popular para um público de todas as faixas etárias.

A proposta é ampliar o acesso à música de concerto e formar uma rede de palcos sonoros em espaços diferentes, mesclando o erudito com o popular, brasilidade e a música universal. “A temporada entra na quarta edição e está com um formato mais compacto. Os eventos vão acontecer com uma programação diversificada, que contempla as formações da música erudita até a música instrumental e popular brasileira”, explica Irina Ratcheva, coordenadora do Palcos Musicais.

A abertura da temporada 2016 será na próxima quinta-feira (12), com a apresentação especial do Duo Toninho Ferragutti e Marco Pereira, com o show “Comum de Dois”. Em junho haverá um recital lírico, em homenagem a Robert Schumann, com o melhor do romantismo para canto e piano e o show com André Siqueira Quarteto, contando a história do choro brasileiro.

Em julho a série faz uma pausa e reinicia a temporada musical em agosto com o violonista Marcell Powell, filho do lendário Baden Powell.

Com a vinda de grandes expoentes nacionais, o projeto amplia as possibilidades de formar público para música contemporânea brasileira, além de difundir e homenagear as principais obras brasileiras.“Uma novidade será o espetáculo especialmente para as crianças, que acontecerá em setembro, com os fantásticos contos e cantos do Paulo Freire, lançando o seu mais novo CD “Violinha Contadeira” com cantos infantis”.

Ainda em setembro está previsto o concerto de Alessandro Borgomanero e Eduardo Meirinhos ( violino e violão)  e uma Mostra de recitais pianisticos em outubro e novembro.  “Serão recitais com dois dos mais renomados pianistas brasileiros da nova geração. Esta mostra é um “prelúdio” para a temporada de 2017, que prevê um ciclo de concertos com vários pianistas brasileiros”, conta Irina.

 

Abertura da Temporada

Dentre as melhores tradições da música popular brasileira estão, sem dúvida, o violão e o acordeão. São instrumentos de grande apelo emocional que traduzem de maneira inequívoca a alma do nosso povo e que têm sido objeto da atenção de ouvintes, leigos e iniciados, ao longo de todo o século passado e agora neste novo século.

Com timbres que se ajustam perfeitamente em harmonias claras e profundas, o acordeão e o violão são excelentes veículos de transmissão da nossa cultura. Nada melhor para abrir a Temporada 2016 dos Palcos Musicais do que o swingue e o lirismo do Duo formado por Toninho Ferragutti (acordeon) e Marcos Pereira (violão), com o Show “Comum de Dois”. A apresentação será as 20h30, no Teatro Crystal Palace, com ingressos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia).

O show é uma oportunidade para conhecer, de maneira brilhante, a nossa rica história que, nas mãos de Marco Pereira e Toninho Ferragutti, torna-se uma verdade contagiante. A magnificência e a exuberância da linguagem instrumental que esses dois grandes músicos tão bem demonstram, podem ser atestadas pelas palavras de grandes músicos e críticos.

 

Todas vertentes

Com mais uma edição dos Palcos Musicais, a ideia é que a música brasileira conquiste o reconhecimento de novos admiradores, abrindo espaço à música instrumental brasileira, atingindo todas as vertentes, da música autoral à improvisação e releitura de grandes clássicos. “Cada nova edição ainda é um aprendizado e espero que durante a temporada surjam novas ideias, mais dicas da nossa plateia do que o público está procurando. E o mais que mais desejo é que a música se torne algo próximo das pessoas”, finaliza Irina Ratcheva.

SÉRIE PALCOS MUSICAIS 2016

Abertura da Temporada

Show “Comum de Dois”

Duo Toninho Ferragutti e Marcos Pereira

Quando: quinta-feira (12)

Onde: Teatro Crystal Palace (Rua Quintino Bocaiuva, 15)

Quanto: R$ 20,00 (inteira e R$ 10,00 (meia)

 

Todos os ingressos serão vendidos alguns dias antes dos concertos em dois pontos físicos e um pela internet: Brasiliano Bar & Cozinha (R. Espírito Santo, 655. Fone: 43-3322-9211) ou Livraria da Silvia (R. Belo Horizonte, 900, loja 19. Fone: 43-3026-9339). Os ingressos também podem ser comprados pela internet. Através da plataforma SYMPLA.

 

PROGRAMA

Amigo Léo – Marco Pereira

Flamenta – Toninho Ferragutti

Victoria – Toninho Ferragutti

Caymmi x Nazareth – (Medley arranjo Marco Pereira)

Violão Solo – Medley Baden Powell

Acordeon Solo –
O sorriso da Manu(TF).

Quando me lembro(Luperce Miranda)

Sanfonema – Toninho Ferragutti

Nova – Toninho Ferragutti

Bate-Coxa – Marco Pereira

Flor da Águas – Marco Pereira

Mulher Rendeira – Zé do Norte – (arranjo Marco Pereira)

 

Currículos:

Toninho Ferragutti é acordeonista, compositor, arranjador e possui uma extensa participação em centenas de cds e shows de artistas importantes no Brasil e no exterior. Tem oito cds solo e em parceria, com indicações ao Grammy Latino, Prêmio Tim e Prêmio Governador do Estado de São Paulo pelo seu trabalho apresentado no decorrer do ano de 2011. Músico, compositor, arranjador, possui uma extensa participação em centenas de cds e shows de artistas importantes no Brasil e no exterior. Tem oito cds solo e em parceria, com indicações ao Grammy Latino, Prêmio Tim, Prêmio Governador do Estado de São Paulo pelo seu trabalho apresentado no decorrer do ano de 2011. Possui músicas gravadas pela Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo e pela Orquestra Sinfonica do Estado de São Paulo OSESP. Entre os seu trabalhos mais recentes estão apresentações no Spole to Jazz, (Charleston, SC USA), Concertgebouw, (Amsterdam Holanda), BMW Festival, (São Paulo SP), Womad Festival (New Plymouth, NZ e Adelaide, Australia), Carnegie Hall, com Gilberto Gil (New York, USA).Seu cd mais recente “O sorriso da Manu” esta na lista dos 10 melhores cds de 2012 na opinião do crítico musical Carlos Calado.Seu cd Sanfonemas, foi indicado ao Grammy Latino no ano 2000 como melhor cd de musica regional e o seu mais recente cd solo, Nem Sol nem Lua esteve na opinião de diversos críticos entre os 10 melhores cds de musica instrumental do ano de 2006.

Alem do seus   shows   com   seu   trabalho   autoral, vem   no   momento   atuando em shows   da   Orquestra  de Maria Schneider  (USA),  Celine   Rudolf (Alemanha),  Maria    Bethania,  Monica    Salmaso,    Gilberto    Gil,   Zizi Possi,Trio 202 , Edu Ribeiro, Jovino Santos Neto entre outros.

Possui músicas gravadas pela Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo e pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP). Entre os seu trabalhos mais recentes estão apresentações no Spoleto Jazz, (Charleston, SC USA), Concertgebouw, (Amsterdam Holanda), BMW Festival, (São Paulo SP), Womad Festival (New Plymouth, NZ e Adelaide, Australia), Carnegie Hall, com Gilberto Gil (New York, USA). Seu cd mais recente, “O sorriso da Manu” (Borandá, 2012) está na lista dos 10 melhores cds de 2012 na opinião do crítico musical Carlos Calado.

 

Marcos Pereira é natural de São Paulo onde fez seus estudos de violão sob a orientação do mestre uruguaio Isaias Sávio no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo.Viveu na França por cinco anos e recebeu o título de Mestre em Violão Clássico pela Université Musicale Internationale de Paris. Defendeu tese sobre a música de Heitor Villa-Lobos no Departamento de Musicologia da Universidade de Paris-Sorbonne o que resultou no seu livro Heitor Villa-Lobos, sua obra para violão. Na Espanha, obteve dois prêmios em importantes concursos internacionais: Concurso Andrés Segóvia (Palma de Mallorca) e Concurso Francisco Tárrega (Valência).

De volta ao Brasil, criou na UnB (Universidade de Brasília), os cursos de Violão Superior e Harmonia Funcional. Gravou dois discos pelo selo Som da Gente, de São Paulo (Violão Popular Brasileiro Contemporâneo – 1985 e Círculo das Cordas – 1987), trabalhos que o levaram ao Town Hall, de Nova York, em 1988.A partir de 1990, já morando no Rio de Janeiro, participou, em quatro oportunidades diferentes, do Free Jazz Festival: numa memorável apresentação do Trio D’Alma, em 1989; com seu trabalho solo, em 1991; ao lado de Wagner Tiso, em 1992 e ao lado de Edu Lobo, em 1996.

Gravou com importantes artistas do cenário musical brasileiro, tais como: Luciana Souza, Zélia Duncan, Edu Lobo, Cássia Eller, Gilberto Gil, Gal Costa, Wagner Tiso, Daniela Mercury, Zizi Possi, Rildo Hora, Paulinho da Viola, Tom Jobim, Milton Nascimento, Leila Pinheiro, Fátima Guedes, Nelson Gonçalves e Roberto Carlos, entre outros.Recebeu o prêmio Sharp em dois anos consecutivos: Melhor Arranjador de MPB pelo disco Gal, da cantora Gal Costa – 1993 e Melhor Solista/Melhor Disco Instrumental do ano pelo trabalho Bons Encontros, em duo com o pianista Cristóvão Bastos – 1994.Em 1995, lançou três CDs : Dança dos Quatro Ventos pelo selo belga GHA, Elegia pelo selo Channel Classics da Holanda e Brasil Musical pelo selo Tom Brasil de São Paulo. Gravou em 1999 o elogiadíssimo CD de violão solo, Valsas Brasileiras, com um repertório primoroso de modernas valsas populares. Seus outros CDs são: Luz das Cordas (com o bandolinista Hamilton de Holanda), Afinidade (com o gaitista Gabriel Grossi), Original (CD autoral com suas composições para violão solo – GSP (Guitar Solo Publications – San Francisco, CA – USA), O samba da minha terra (com composições próprias e novas leituras de clássicos da música brasileira), Stella del Matino (EGEA – Perugia –Itália) e Essence (Kind of Blue – Lugano – Suiça).

Foi diretor artístico da série Grandes Encontros, um importante projeto de valorização do músico brasileiro que aconteceu no Teatro Leblon – Rio de Janeiro entre os anos de 2001 e 2004. Mantem intensa atividade como solista, tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, onde se apresenta regularmente. É professor adjunto no Departamento de Composição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem suas composições estão pela Editora Lemoine de Paris e pela GSP (Guitar Solo Publications – San Francisco, CA – USA). Suas obras para violão têm sido gravadas e tocadas em concerto por grandes intérpretes americanos e europeus.Seus últimos lançamentos são: o CD Camerístico (para violão e orquestra), o livro+CD Ritmos Brasileiros (um trabalho de pesquisa dos principais ritmos brasileiros de todas as regiões do Brasil) e o projeto Cristal que é constituido por um CD mais um álbum de partituras da transcrição fiel da gravação.

Em 2011, lançou dois trabalhos didáticos de grande relevância para a literatura violonística brasileira. Um método para violão de sete cordas, em parceria com Rogério Caetano, abordando de maneira direta e objetiva todo o universo do samba e do choro (“Sete Cordas, técnica e estilo” – Editora Garbolights – Rio de Janeiro, RJ – www.garbolights.com.br) e um compêndio de Harmonia, em três volumes que traduzem mais de vinte e cinco anos de atividades didáticas ensinando essa matéria (Cadernos de Harmonia – Editora Garbolights – Rio de Janeiro, RJ – www.garbolights.com.br). Todos esses livros que representam os dois métodos vêm acompanhados de CDs de áudio com uma série de exemplos musicais gravados pelo próprio autor).Em novembro de 2012, fez em São Paulo a primeira apresentação de sua obra “Lendas Amazônicas – Fantasia concertante para dois violões e orquestra”, em cinco movimentos.

 

Agenda geral Palcos 2016

 

12/05 – Toninho Ferragutti (acordeom) e Marco Pereira (violão)

20h30, no Teatro Crystal Palace (R. Quintino Bocaiúva, 15).

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

01/06 – Angela Diel (mezzo-soprano) e Ney Fialkow (paino)

20h30, no Teatro Crystal Palace (R. Quintino Bocaiúva, 15).

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

15/06 – André Siqueira – Uma breve história do choro

20h30, no Teatro Crystal Palace (R. Quintino Bocaiúva, 15).

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

*André Siqueira faz uma aula show no Instituto de Educação Estadual de Londrina (IEEL), em junho, ainda sem data definida, com entrada gratuita.

 

11/08 – Marcel Powell (violão)

20h30, ainda sem local definido.

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

04/09 – Paulo Freire (violão, causos e canções)

20h30, ainda sem local definido.

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

21/09 – Duo Alessandro Borgomanero (violino) e Eduardo Meirinhos (violão)

20h30, no Teatro Crystal Palace (R. Quintino Bocaiúva, 15).

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

26/10 – Aleyson Scopel (piano)

20h30, no Teatro Crystal Palace (R. Quintino Bocaiúva, 15).

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

03/11 – Cristian Budu (piano)

20h30, no Teatro Crystal Palace (R. Quintino Bocaiúva, 15).
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

album palcos musicais


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009