Após o crime covarde contra o soldado Bruno Felipe Monteiro do Prado, 32 anos, da Polícia Militar de Londrina, que foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (14), na Zona Norte da cidade, a 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (4º CIPM) convocou um efetivo para localizar os assassinos do policial.

Na nota divulgada com a assinatura do comandante do 4° CIPM, Major Marcos Tordoro, é citada a diligência:

“O comando e os policiais militares da 4° CIPM lamentam a morte do policial militar, Soldado Bruno Felipe Monteiro do Prado, que foi covardemente assassinado na noite desta segunda-feira (14).
O policial foi alvo de diversos disparos de arma de fogo realizados por bandidos que o seguiram na via pública.
Nós nos solidarizamos com a dor da família e lamentamos o triste episódio.
A família 4° CIPM une-se a família enlutada neste momento de profunda dor, na certeza de que Deus, com sua infinita misericórdia, há de mostrar o caminho do alento e conformação.
Buscamos a justiça e estamos diligenciando para a identificação e a prisão de todos os criminosos envolvidos neste crime.”

Conforme a polícia, o policial militar, que estava em uma motocicleta, foi assassinado com pelo menos 13 tiros de arma de fogo nas costas, na Rodovia Carlos João Strass, próximo à rotatória do Lago Cabrinha. Na rodovia, foram encontradas cápsulas de pistolas de calibres 380 e ponto 40.

Ainda de acordo, um casal que passava pelo local foi atingido pelos disparos, já que estava próximo ao soldado Bruno. O homem e a mulher foram encaminhados ao Hospital da Zona Norte, ela em estado leve e seu marido em estado grave.

Segundo a polícia, os criminosos estavam em um carro e em uma caminhonete durante a ação, sendo o último veículo encontrado incendiado posteriormente nas proximidades.

 

 


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009