DestaqueLondrina

Londrina busca atrair novas empresas com apoio da Invest Paraná

Especialistas capacitarão profissionais da Prefeitura, para oferecer mais informações e apoio aos empresários que procuram ampliar seus negócios

A Prefeitura de Londrina e o governo do Paraná firmaram na manhã desta sexta-feira (5) uma parceria, que pretende atrair mais negócios e investimentos para a cidade e região. O protocolo de intenções com a Invest Paraná foi assinado pelo vice-governador, Darci Piana, diretor-presidente da instituição, José Eduardo Bekin, pelo vice-prefeito de Londrina, João Mendonça, pelo presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, e pelo secretário municipal de Governo, Alex Canziani.

Com a parceria, a Invest Paraná auxilia os municípios considerados polos, capacitando seus representantes. Estes aprendem a utilizar a metodologia, os instrumentos, o banco de dados e o know how especializado para o atendimento às demandas dos empresários e consequente atração de novos negócios. Assim, cada município poderá ajudar sua cidade e região a se desenvolverem. Para isso, cabe ao poder público municipal indicar os três representantes que receberão o treinamento para ter acesso à metodologia do Invest Paraná. Depois, segue-se a parceria com mentorias, que não têm data para acabar.

Na primeira fase de implantação do Invest Paraná foram selecionados 12 municípios, sendo que já firmaram a parceria, além de Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá e Ponta Grossa. Na segunda etapa, mais 12 prefeituras municipais serão contempladas.

Foto: Vivian Honorato

Durante a assinatura do protocolo, o vice-governador do Paraná, Darci Piana, explicou que o governo do Estado vai analisar o desenvolvimento dos municípios polos e, conforme a necessidade, poderá ampliar o número de cidades participantes. Para ele, o ponto principal da parceria entre a Invest Paraná e os poderes municipais está no encurtamento das distâncias entre os governos municipais e estadual.

“Nosso governo, do Ratinho Junior, tem feito um trabalho extraordinário na busca de investimentos no estado. No primeiro ano de mandato, foram mais de R$ 23 bilhões da iniciativa privada que vieram para o Paraná do mundo todo. Mesmo durante a pandemia, estamos assinando dois ou três novos investimentos por semana. Agora, expandimos isso para os principais centros do Paraná, para que as próprias Prefeituras, com suas estruturas, possam ajudar a buscar novos investidores”, pontuou o vice-governador do Paraná.

Foto: Vivian Honorato

A parceria, que começa hoje, é voltada às empresas e aos negócios de todos os setores econômicos. Segundo o diretor-presidente da Invest Paraná, José Eduardo Bekin, empresas interessadas na área de importação e no E-Commerce -que tenham a partir de R$ 360 mil de investimento- podem participar, assim como as interessadas em obter os benefícios do programa Paraná Competitivo, que tenham a partir R$ 3,6 milhões para investir. “Desde 2019, estamos vindo com uma atração muito forte de investimentos no estado. Foram mais de R$ 20 bilhões para o Paraná Competitivo, onde a Kablin foi um deles. O empresário quer rapidez nas informações, transparência nos dados e um ambiente seguro para investir e a nossa intenção é atendê-los da melhor forma possível”, afirmou Bekin.

Sobre isso, o secretário municipal de Governo, Alex Canziani, acredita que a parceria ajudará a atual gestão cumprir suas duas prioridades, que são o desenvolvimento econômico e o social de Londrina. Isso porque, a Invest Paraná dará condições para que os gestores públicos londrinenses possam visualizar todas as empresas interessadas em investir no estado. Com isso, eles poderão oferecer a esses empresários todas as vantagens competitivas do município, como a infraestrutura bem estabelecida, com acesso às rodovias e ao aeroporto, diversos polos educacionais, mão de obra qualificada, isenções fiscais possíveis de serem concedidas e outros detalhes, como o IDH do município e a renda per capita da cidade.

Foto: Vivian Honorato

“Londrina é uma das cidades mais privilegiadas do Paraná, por seu ecossistema, que tem a infraestrutura adequada, e pela qualidade de vida que oferece. O governo do Paraná tem sido um grande parceiro nosso: tem investido no Tecnocentro, na Cidade Industrial e vai nos ajudar a atender as empresas que são de fora e que queiram vir para cá. Vamos dar também prioridade aos empresários que são daqui e que querem ampliar seus negócios, para gerar mais empregos e oportunidades em Londrina”, esclareceu Canziani.

Estiverem presentes no anúncio, além das autoridades mencionadas, o diretor de Mercado e Novos Negócios da Invest Paraná, Gustavo Cejas; o diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest, Giancarlo Rocco; e a deputada federal, Luísa Canziani; o prefeito de Rolândia, Ailton Maistro; o presidente da Câmara de Vereadores de Londrina, Jairo Tamura; além de secretários municipais.

Foto: Vivian Honorato

Sobre a Invest Paraná – Ela atua como mediadora entre os poderes públicos e a iniciativa privada para garantir a melhora no ambiente de negócios em cada cidade e região. Para isso, sugere ações governamentais que visem ao desenvolvimento econômico; disponibilizam informações técnicas, científicas e estratégicas que ajudam no crescimento dos municípios paranaenses; contribui no atendimento ao investidor que já está instalado para que ele cresça ainda mais e procura atrair novos investimentos estrangeiros e nacionais, pensando no desenvolvimento do ambiente de negócios no Paraná como um todo.

Atualmente, o Estado do Paraná é o maior produtor de energia do Brasil, contando com o maior terminal exportador de grãos e o segundo maior de cargas do país. Além disso, o estado serve de referência mundial em tecnologia do campo. Em 2019, foram anunciados quase R$ 18 bilhões de investimentos no Paraná, tendo um aumento em cerca de 15% na abertura de empresas e ocupando o primeiro lugar em produção industrial do Brasil. Em janeiro, 9,1 mil novos empregos foram criados, representando 26,6% do saldo nacional.

 

 

Via
assessoria PML

Artigos relacionados