Divulgação/SME

Pelo quarto ano consecutivo, Ibiporã participa da campanha “Eu Ajudo na Lata”, ação social e sustentável da Unimed Londrina. A iniciativa, que já está em sua oitava edição, arrecada lacres de latas de alumínio que são vendidos e têm a renda revertida para a compra de cadeiras de rodas ou outros itens direcionados para pessoas com mobilidade reduzida atendidas por instituições de Londrina e região.

A campanha envolve a comunidade local e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (SME), com a participação de escolas municipais e CMEIs do município, e servidores de órgãos da Administração direta e indireta da Prefeitura.

Este ano, mesmo com as instituições de ensino fechadas por conta da pandemia da Covid-19, a SME conseguiu juntar 249 garrafas PET de dois litros com lacres de latas de alumínio (em cada garrafa cabem cerca de 2.500 anéis de alumínio). A cada 170 garrafas, a Unimed compromete-se a doar uma cadeira de rodas. Com o total arrecadado, o município já garantiu uma cadeira, a qual será doada ao Lar Padre Leone (asilo). É a segunda vez que a instituição é contemplada pela iniciativa (em 2017 foram entregues cinco cadeiras para o Lar Padre Leone). “A pandemia mudou muitas coisas nas nossas vidas, mas a solidariedade permanece e se fortalece a cada dia. Mesmo diante das dificuldades, os servidores, pais e alunos se mobilizaram e novamente fizeram bonito nesta ação cidadã. Nossa imensa gratidão a todos que colaboraram e se preocuparam com a arrecadação do lacres”, comenta a secretária de Educação, Margareth Coloniezi.

Segundo a secretária, os lacres começaram a ser arrecadados já no final do ano passado. “Quando os pais vinham à escola retirar as atividades remotas dos filhos já entregavam os lacres. O programa é muito importante, visto que ele visa não só a questão de ajudar o próximo, no sentido da solidariedade, mas também, pela preservação do meio ambiente, já que são pontos fundamentais nos quais trabalhamos com os alunos e que veem ao encontro com o pensamento e a linha de trabalho das nossas escolas”, ressalta Margareth.

Ano passado Ibiporã foi o município que mais recebeu cadeiras de rodas adquiridas pela cooperativa médica com a venda de lacres de alumínio. No total, foram nove cadeiras, sendo cinco para a Unidade de Pronto Atendimento Dr. Justino Alves Pereira (UPA), três para a Escola João XXIII – Modalidade Educação Especial (Apae) e uma para a Secretaria Municipal de Educação, pela parceria na arrecadação dos anéis de alumínio entre a comunidade escolar. Foram 833 garrafas PET de dois litros. Em sua primeira participação, em 2017, o município entregou 425 garrafas e conquistou seis cadeiras de rodas, sendo cinco destinadas ao Lar Padre Leone e uma para a Secretaria de Educação. Em 2018 foram 553 garrafas, o que garantiu a entrega de seis cadeiras de rodas ao Hospital Cristo Rei. A instituição foi a que mais recebeu equipamentos devido ao número de votos recebidos na enquete.

Enquete

Em sua oitava edição, a campanha “Eu Ajudo na Lata” 2020 beneficiará seis instituições de Bela Vista do Paraíso (Lar Jayme Watt Longo), Cambé (União dos Deficientes Físicos) e Londrina (Associação Flávia Cristina, Cáritas Arquidiocesana, Casa Dia para Idosos e Ilece). Juntas, estas seis instituições atendem mais de sete mil pessoas por mês, sendo muitas delas com mobilidade reduzida.

Até sexta-feira (28) está aberta a votação para definir quantas cadeiras de rodas arrecadadas pela iniciativa serão destinadas para cada instituição. O número de equipamentos que será destinado a cada instituição depende da quantidade de votos recebida na enquete, e para participar basta entrar no link: https://bit.ly/3hQX9Wp.

Em 2019, a campanha arrecadou 3.053 garrafas cheias de lacres, equivalente a 1.954 kg de alumínio. O material foi encaminhado à reciclagem e possibilitou a compra de 26 cadeiras de rodas, que foram distribuídas para oito instituições de Londrina e região.

O projeto, além de movimentar muitos voluntários, que arrecadam lacres ao longo do ano, está relacionado à área ambiental, pois os lacres são vendidos para a reciclagem, e à área social, porque as cadeiras de rodas doadas para instituições beneficentes trazem bem-estar para quem precisa.

Divulgação/SME

 

 


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009