O vereador Orlando Ferreira aproveitou o Período de Explicações Pessoais da Sessão Ordinária realizada segunda-feira (2) na Câmara Municipal de Ibiporã para comentar sobre dois assuntos distintos, mas que segundo ele são relevantes para a população.

Ele parabenizou a Secretaria Municipal de Esporte, Recreação e Lazer pela realização da tradicional Prova Pedestre Adriana de Souza, disputada no domingo (1), em comemoração ao Dia do Trabalhador. Segundo informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ibiporã, cerca de mil competidores de Ibiporã e diversas regiões do Paraná, além de Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal, Argentina, Quênia e Nigéria participaram da corrida que ofereceu mais de R$ 14 mil em prêmios. “Foi uma festa muito bonita, muito bem concorrida, muito bem organizada, por isso quero deixar registrados os meus parabéns à Secretaria de Esporte pelo trabalho realizado”.

Com referência à questão do Conselho Tutelar, assunto levantado pelo vereador Roberval dos Santos, o vereador Orlando Ferreira disse que, independente da questão de organização, ou de meios de trabalho, o que mais o deixa preocupado dentro do órgão é que os conselheiros “enxugam gelo, eles também procuram fazer aquilo que é possível, mas nós estamos diante de uma situação tão grave que muitas vezes eles também não sabem o que fazer”.

“Eles resolvem algumas coisas que é possível de se fazer, mas a grande maioria dos problemas que surgem eles também não têm como resolver, haja vista que hoje nós temos um número de menores delinquentes muito grande, o número de crianças abusadas, maltratadas, é muito grande. Na Casa Abrigo, temos oito crianças que estão internas, em função da situação familiar, e a situação familiar hoje é muito grave, muito grave, então quando o Conselho Tutelar tenta fazer alguma coisa se depara também com uma situação que eles também não têm o que fazer”, disse o vereador Orlando Ferreira.

“É como a própria Polícia, com o número de crimes praticados na cidade, que não tem mais onde botar preso, não cabe, é demais o número de delinquência, o número de roubo aumentou muito, uma na questão da droga, que o viciado precisa de dinheiro para comprar droga, uma questão também em função do desemprego, muito gente hoje até pelo desespero acaba de repente entrando por um caminho errado porque a família está em dificuldade.”

“Então, o que eu quero dizer com isso é que, nós como vereadores, que ajudamos a administração a encontrar um caminho, a encontrar meios para fazer um trabalho legal, porque nós também fazemos parte da administração, nós também, no nosso dia a dia, no contato com a própria comunidade, nós temos nos deparado com situações que nós também gostaríamos de resolver, mas nós não temos o que fazer.”

“Há muita gente hoje com dificuldade, haja vista o número de desemprego que tem hoje muito grande, é gente que pede socorro, pede comida, pede isso e aquilo, então você não tem também o que fazer. Então nós também ficamos angustiados porque a gente não consegue atender a todo o mundo e então a gente gostaria que tivesse uma situação diferente. Então a gente espera que alguma coisa possa acontecer para mudar tudo isso porque do jeito que está indo, o número da violência, da questão familiar, a questão do desemprego, como é que nós vamos ficar?”, questionou o vereador Orlando Ferreira.

Em aparte, o vereador Roberval dos Santos disse: “A gente sabe das dificuldades que o País está atravessando, até mesmo pelo desgoverno hoje, mas nós também somos conhecedores do nosso orçamento, nós sabemos que existe certa condição. Ibiporã é uma cidade pujante, em muitos discursos aqui na Casa mesmo, do próprio prefeito nas inaugurações de empresas, que nós temos uma arrecadação boa, que essas empresas estão garantindo uma arrecadação boa. Tudo bem, que tem a criminalidade, que tem várias pessoas cometendo ilícitos, maiores ou menores de idade, mas a nossa função, se nós não temos como fazer nada de maneira direta, mas pelo menos conversar com o Executivo, para ouvir por que não colocou mais condições de estrutura para o Conselho Tutelar, o que está faltando, está faltando a gente aprovar alguma coisa aqui na Câmara?”, questionou o vereador Roberval dos Santos.

O vereador Orlando Ferreira retomou a palavra: “Eu sei que a dificuldade existe, mas eu vejo que, além desta dificuldade que existe e pode ser resolvida de alguma forma, não é difícil, eu converso com o pessoal que trabalha lá dentro, e sinto a agonia deles de ver o que eles estão vendo, se deparando com situações terríveis que eles veem todos os dias, e também não têm o que fazer, não têm como resolver a situação, eles também ficam numa situação realmente muito triste, porque querem ajudar, mas não têm como fazer.”

“Então, é com tristeza o que nós estamos vendo hoje porque existe muita gente sendo assaltada durante até o dia. Eu estive, estou cedo também aí andando, nos bairros, naquela região ali do Jamil Sacca, o pessoal tem reclamado muito da questão de roubo, naqueles sítios que ficam tudo em volta têm sido assaltados constantemente, então, nós aqui que temos também a posição de vereador para ajudarmos a administrar o que nós vamos fazer, como fazer, como melhorar isso?”

“A nossa cadeia não cabe mais, só se a gente alugar o campo do Estrela para poder botar todo mundo lá dentro. A ladeira ali da Delegacia tem dois contêineres, que você bota o sujeito preso dentro de um container daquele, acho que era melhor colocar ele dentro do fogo, porque aquilo ali no calor sem janela e sem porta é uma fogueira. Vai juntando e amontoando lá dentro, como é que você vai recuperar um indivíduo deste? É uma situação no mundo inteiro, no Brasil inteiro a situação é essa. Então nós, muitas vezes aqui, nos deparamos com situações que nós gostaríamos de ajudar, mas ficamos muito limitados, tentando resolver, mas fazendo muita pouca coisa porque também não temos o poder para fazer. Então fica aqui registrada a minha indignação com tudo isso”, finalizou o vereador Orlando Ferreira.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009