LondrinaManchete

Guarda Municipal recebeu 243 denúncias no feriado prolongado de Corpus Christi

Ao todo, 48 termos de constatação por irregularidades foram registrados no período

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social, informa o balanço da fiscalização de combate à pandemia durante o feriado prolongado de Corpus Christi (3 a 6 de junho). No período foram registradas 243 denúncias na central da Guarda Municipal, das quais 201 foram atendidas pela GM e 42 foram encaminhadas aos demais órgãos.

Foto: Divulgação GM

Do total de atendimentos feitos pela guarda em 127 casos não houve constatação de irregularidades, já em 74 ocorrências foi necessária alguma medida resultando na lavratura de 48 termos de constatação, 20 orientações, cinco encaminhamentos para a delegacia e uma interdição em um bar. A Guarda Municipal aplicou 16 termos de constatação para pessoas flagradas sem máscara durante o feriado.

Barreiras Sanitárias

A GM manteve as Barreiras Sanitárias nos locais de concentração de pessoas como calçadão, entre outras avenidas da cidade e principalmente nas áreas públicas de lazer como Zerão e região dos lagos.

Festas interrompidas

Foto: Divulgação GM

Após denúncias na central 153 da GM, os guardas foram até um espaço para festas localizado nos fundos do Jardim Colúmbia, zona oeste da cidade, e flagraram cerca de 60 pessoas aglomeradas fazendo uma festa na noite do dia 3 de junho, primeiro dia da intensificação da fiscalização. Foram lavrados dois termos de constatação, um para a pessoa identificada como promotora da festa e outro para o responsável pelo local.

Na madrugada de domingo (6), por volta das 2h30, a Guarda Municipal atendeu uma denúncia de que estaria acontecendo uma festa com cerca de 200 pessoas em uma rua do Jardim Abussafe, região leste. No local, aproximadamente 80 pessoas foram flagradas aglomeradas. Posteriormente dois proprietários de residências receberam voz de prisão e foram encaminhados para a delegacia por terem aberto as casas para as pessoas se esconderem no momento da chegada das equipes; eles vão responder pelo artigo 268 do código penal (colaborar para propagação de doença contagiosa).

Um homem foi detido por embriaguez ao volante depois de ter jogado o carro para cima de um agente da Guarda Municipal que precisou ser hospitalizado. A festa foi interrompida e registrada em termo.

GM passa bem

O Guarda Municipal atingido pelo motorista embriagado na madrugada de ontem teve uma luxação no ombro esquerdo e foi encaminhado ao Hospital do Coraçãozinho. Ele passa bem e segue se recuperando em casa.

 

 

Via
Assessoria PML

Artigos relacionados