O governador Beto Richa lançou nesta segunda-feira (02), no Paraná, o Maio Amarelo, um conjunto de atividades dedicado à prevenção de acidentes de trânsito e redução das vítimas, que ocorre, simultaneamente, em todo o mundo. O movimento conta com a participação de órgãos públicos e entidades da sociedade civil.

O Governo do Estado participa por meio do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), polícia rodoviária estadual e Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran). Também são parceiros a Polícia Federal, o Instituto Paz no Trânsito, o Observatório Nacional de Segurança Viária, a Associação Comercial do Paraná.

Richa destacou que o Estado mantém ações permanentes para diminuir o número de acidentes no trânsito. “Neste mês, em especial, temos um conjunto de ações dedicado à prevenção de acidentes de trânsito e a redução de vítimas em função desses acidentes. “Vemos que muitas pessoas acabam descontando seus problemas emocionais no trânsito, o que acaba trazendo problemas sérios”, disse ele.

No Paraná, o governo estadual estima investir, até 2017, R$ 43 milhões na sinalização de cerca de 320 municípios, além de R$ 92,7 milhões em ações de educação para o trânsito. “O poder público precisa investir nesta área, em campanhas educativas, sinalização, mobilidade urbana, integração entre os diferentes modais de transporte e conscientização nas escolas”, enfatizou o governador.

Richa também citou a reestruturação do Detran-PR, com a criação de totens de auto-atendimento e do programa Detran Fácil, que já foram utilizados por 4 milhões de pessoas, diminuindo o tempo de espera nas sedes do órgão.

De acordo o diretor-geral do Detran-PR, Marcos Traad, os acidentes de trânsito matam 48 mil pessoas no Brasil por ano. “Trabalhamos há muito tempo para reduzir este índice. A maior parte dos acidentes é decorrente de falha humana, então é preciso que as pessoas tenham atenção e mudem culturalmente seu procedimento no trânsito, fazendo com que suas atitudes individuais não tenham efeito sobre o coletivo”, declarou.

O Maio Amarelo nasceu com o propósito de chamar a atenção da sociedade para o altíssimo índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo, particularmente no Brasil. A ideia é mobilizar o poder público e a sociedade civil de maneira coordenada em torno de ações articuladas.

A Lei 18.624, que instituiu o Maio Amarelo no Paraná, foi assinada pelo governador Beto Richa no ano passado. Entre os seus objetivos está o de engajar as pessoas em uma nova atitude, de mais respeito, maior consciência e responsabilidade no trânsito.

Durante todo este mês, haverá palestras, blitz educativas, vídeos e até teatro. São 31 campanhas programadas – uma para cada dia do mês. O Detran criou um site (www.detran.gov.br/maioamarelo) que exibirá um vídeo por dia com depoimentos baseados em fatos reais, incluindo reportagens e infográficos.

 

O comandante do BPTran, tenente coronel Valterci Mattos de Souza, explicou que serão intensificadas as campanhas e blitz educativas. No dia 25 de maio, 145 postos em todo o Paraná recebem a blitz. “O trânsito não se faz sozinho, mas com a participação de toda a comunidade. A ideia é conscientizar as pessoas para que obedeçam às regras de trânsito para evitar acidentes”, disse.

Para tornar a campanha mais didática, o Detran fez uma lista das 31 principais causas de acidentes, que incluem desde o excesso de carga à embriaguez ao volante, o uso do cinto e de outros equipamentos de segurança. As peças contam com depoimentos de motoristas, pedestres, ciclistas, passageiros e motociclistas.

Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni; o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; os secretários da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, e da Cultura, João Luiz Fiani; o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Reis; o diretor administrativo do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Orlando Pessuti; e os deputados estaduais Hussein Bakri, Márcio Nunes, Élio Rush e Maria Victória Borghetti Barros.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009