Destaque

Furacão Dorian cai para categoria 2 mas ainda ameaça os EUA

Tempestade tropical ainda provoca fortes ventos e chuvas intensas nas Bahamas.

O furacão Dorian perdeu força e caiu para categoria 2 no fim da manhã desta terça-feira (3), de acordo com o Centro Nacional de Furacões, com sede em Miami.

Ele continua a provocar tempestades e ventos nas Bahamas, no entanto.

Cinco pessoas morreram no arquipélago do Atlântico formado por mais de 700 ilhas, onde ele chegou com força no domingo (1º), ainda na categoria 5 – a mais alta da escala Saffir Simpson.

Dorian se desloca muito lentamente e ameaça a costa dos Estados Unidos. Às 9h (no horário de Brasília), o furacão estava a mais de 170 km de West Palm Beach, na Flórida.

Mais cedo, segundo a CNN, já tinham sido registrados ventos de 98 km/h na praia de Juno, na Flórida.

Independentemente da sua trajetória, e mesmo que não toque o solo americano, o furacão pode provocar danos na costa da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul. Existe o risco de que ele provoque inundações na Flórida e fortes ventos na Carolina do Norte.

Mais de um milhão de pessoas recebeu ordens para deixar suas casas na costa americana.

Fonte
G1

Artigos relacionados