DestaqueLondrina

Farmácia Municipal de Londrina começa a atender com agendamento

Público terá cerca de 10 dias para se adaptar a nova realidade; depois disso somente serão atendidos quem tiver horário marcado

Os pacientes que necessitam de medicamentos e que estão acostumados a retirá-los na Farmácia Municipal de Londrina precisam se atentar às mudanças devido à pandemia. Desde segunda-feira (1º), a dispensação começou a ser realizada com agendamento prévio via internet.

Para agendar um horário é preciso acessar o site da Prefeitura (clique aqui), inserir o número do CPF e escolher o melhor dia e horário para buscar o remédio receitado pelo médico. O atendimento na Farmácia Municipal é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, na Alameda Manoel Ribas, 85. Aqueles que tiverem dúvidas ou não tiverem acesso à internet é possível ligar para 3379-0131 ou 3379-0132.

Segundo o diretor de logística e manutenção em saúde, Patrick Fernandes da Silva, a intenção é que não haja aglomeração dentro da farmácia municipal e que todos respeitem o distanciamento social necessário para prevenir novos casos de contaminação pelo novo coronavírus. Por isso, a dispensação de medicamentos será feita com o horário agendado, garantindo que sejam atendidas 20 pessoas por vez e cerca de 450 por dia.

Foto: Arquivo/NCom

“A pessoa pode confirmar sua presença 30 minutos antes do horário agendado. Não precisa chegar muito antes, para não ficar esperando do lado de fora da farmácia. Nossa intenção é que não haja concentração de pessoas, que possamos cumprir o distanciamento social e seguir as recomendações em saúde. É uma medida de segurança para os pacientes que buscam os medicamentos e para os atendentes da farmácia”, explicou o diretor.

Até o final da próxima semana, os pacientes que chegarem sem horário marcado receberão o remédio. Porém, a partir da terceira semana de junho, todos serão atendidos somente com o horário marcado. Para evitar a perda de tempo, os atendentes da farmácia já estão agendando o retorno daqueles que usam medicamentos contínuos. No dia 24 de julho, por exemplo, já foram preenchidas 429 vagas. Mas, ainda há outros horários, por isso, não há necessidade de preocupação.

Dentro do estabelecimento, os atendentes disponibilizaram álcool em gel a 70% para os pacientes, há faixas mostrando o distanciamento mínimo necessário entre as pessoas atendidas e os funcionários, e aqueles que forem buscar remédios controlados para terceiros devem preencher a ficha com seus dados assim que adentrar ao recinto e passar pela triagem. A intenção é que isso torne o atendimento mais rápido possível.

Para retirar os medicamentos na Farmácia Municipal é preciso ter em mãos a receita médica, o RG e CPF, cartão SUS e ser morador de Londrina. A receita de medicamentos controlados é válida por 30 dias a contar da data da prescrição médica. Ao todo, cerca de 15 profissionais atuam na farmácia municipal de Londrina, que conta com 35 medicamentos da Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (REMUME), além de outros constantes no Programa Estadual Paraná Sem Dor e de Apoio Social.

 

 

Via
assessoria PML

Artigos relacionados