CidadesEducaçãoEsportesIbiporã

“Esporte Para Toda Vida” é lançado em Ibiporã

Uma “Rua de Recreio” com direito a brincadeiras como corda, bola queimada, perna de pau, jogo de taco, futebol, xadrez e cama elástica marcou o lançamento oficial das atividades do projeto “Esporte Para Toda Vida” (EPTV), nesta sexta-feira (24), na quadra coberta poliesportiva do Conjunto Afonso Sarábia.

O evento contou com as presenças do prefeito João Coloniezi, da secretária de Esportes, Claudia Guandalini, do diretor de Esportes, Kio Fukuda, monitores do projeto, alunos da Escola Municipal Professor Nelson João Sperandio e moradores do Afonso Sarábia e entorno.

Lançado recentemente pela Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo (SEET), o projeto tem como estratégia a implantação de núcleos estruturais de esporte, utilizando os espaços públicos esportivos dos municípios, adotando o contraturno escolar como oportunidade para a oferta de modalidades esportivas para crianças, adolescentes e idosos, conforme as potencialidades motoras de cada faixa etária.

 A intenção é integrar programas anteriormente elaborados pela SEET a fim de aperfeiçoar o uso das estruturas implantadas pela Secretaria em todo o Paraná, caso das Academias ao Ar Livre e das Arenas Multiuso, além de espaços próprios dos municípios, com práticas esportivas supervisionadas por profissionais qualificados. O “Esporte Para Toda Vida” beneficiará inicialmente 250 núcleos em 189 municípios, contemplando mais de 500 bolsistas e atendendo aproximadamente 60.000 beneficiados. O programa terá um investimento de R$ 6 milhões.

As modalidades sugeridas dentro do projeto são atletismo, basquete, futsal, handebol e voleibol. Em Ibiporã, a parceria possibilitará que monitores – estudantes do Ensino Médio e acadêmicos de Educação Física – desenvolvam atividades esportivas, recreativas e de lazer em vários espaços, tais como a quadra do Afonso Sarábia, Campo Estrela, Carecão, quadra e ginásio da Escola Estadual do San Rafael, Colégio Estadual Unidade Polo, Academias ao Ar Livre e Centro de Convivência do Idoso (CCI).

O município também ganhou com kits esportivos compostos por bolas de futebol, vôlei e basquetebol, jogos de camisas e coletes para treinamento, redes e apitos para o desenvolvimento das atividades.

Claudia enfatizou que o Esporte Para Toda Vida contempla a parte mais difícil do processo, que é a contratação de pessoal. “O próprio projeto contrata um professor e um estagiário, fornece o material esportivo, e nós disponibilizamos os locais para a realização das atividades. Nosso objetivo é levar este projeto para o maior número de polos esportivos na cidade, democratizando o acesso ao esporte, que promove saúde, lazer e bem-estar e nos permite ampliar o atendimento nos bairros”, afirmou a secretária.

De acordo com o prefeito João Coloniezi, o esporte é um excelente caminho para o desenvolvimento do caráter, das aptidões físicas, socialização e prevenção de doenças. “Nós, ibiporaenses, ficamos muito felizes por termos sido contemplados com este programa. Além de promover a saúde, a prática esportiva é uma forma eficiente de contribuir para o desenvolvimento humano e social, bem como reduzir os índices de criminalidade. A intenção é integrar programas já desenvolvidos pela Secretaria de Esportes com práticas esportivas supervisionadas por profissionais qualificados”, disse o prefeito.

A Serla divulgará nos próximos dias o cronograma de atividades. Os interessados em participar do projeto podem se inscrever na Serla – R. João Barreto, 505/Jardim Pérola. Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Telefone: 3178-0204.

Parques Esportivos

Em breve, os munícipes também poderão usufruir de dois parques esportivos conquistados junto ao governo estadual. As estruturas contam com campo de grama sintética – com alambrado, iluminação e arquibancadas – e espaços para outras modalidades, como pista de skate, pista de caminhada e quadra de basquete 3×3.

De acordo com a secretária de Esportes, um parque esportivo será instalado no Afonso Sarábia e o outro no Residencial Terra Bonita.

Fonte: Caroline Vicentini – Núcleo de Comunicação Social – PMI

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close