DestaqueIbiporã

Defesa Civil vistoria polos de armazenamento de agrotóxicos

A Defesa Civil do Município de Ibiporã vistoriou esta semana empresas de logística instaladas no município, as quais prestam serviço de armazenamento e transporte de defensivos agrícolas.

O objetivo é mapear e registrar os polos de armazenamento e distribuição de agrotóxicos em Ibiporã como área de atenção no Sistema de Defesa Civil do Estado do Paraná (SISDC).

Durante a visita às empresas, os representantes da Defesa Civil constataram a existência do Plano de Proteção de Risco Ambiental (PPRA), em conformidade à Norma Regulamentadora (NR09/1994).

A Defesa Civil de Ibiporã integra a Rede Institucional sobre Agrotóxicos – formada por representantes de entidades ligadas ao setor rural e urbano de Ibiporã e Jataizinho – cujo objetivo é viabilizar ações para se evitar o uso incorreto e excessivo de agrotóxicos e melhorar a fiscalização, oportunizando a comercialização de produtos seguros, mais limpos e de qualidade, além de assegurar a preservação dos atributos do meio ambiente e evitar poluição dos recursos naturais.

O impacto causado pelo uso dos agrotóxicos inclui a contaminação dos alimentos, danos à saúde pública e ao meio ambiente, tanto no solo como na água que é consumida.

Em Ibiporã, de acordo com dados do Sistema de Monitoramento do Comércio e Uso de Agrotóxicos do Estado do Paraná (Siagro), fornecidos pela Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), foram utilizadas, no município, 300 toneladas de agrotóxicos no ano de 2015 e 273 ton em 2016; sendo que os herbicidas constituem 55 a 60% deste volume. O município é o maior centro armazenador de agrotóxicos do Paraná.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close