Destaque

Cuidado com o Sarampo! Ibiporã disponibiliza vacina tríplice viral em todas as UBSs

Devido ao surto de Sarampo no estado de São Paulo, o Paraná entra em estado de alerta

A Prefeitura do Município de Ibiporã, através do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, faz um alerta à população que ainda não se vacinou, ou não está com as vacinas em dia, em relação ao risco de contração de Sarampo. O estado de São Paulo tem vivido um surto da doença, e, devido à proximidade, o município está em estado de atenção.

Para tal, a Saúde ibiporaenses torna público que a vacina tríplice viral, que protege contra Sarampo, Rubéola e Caxumba, está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade. As crianças recebem a primeira dose com 1 ano de vida e a segunda dose com 1 ano e 3 meses. Todos os pacientes com idade até 29 anos devem receber duas doses na vida, e de 30 a 49 anos, uma dose. Profissionais de saúde devem ter duas doses, independentemente da idade.

O Sarampo é altamente contagioso e pode ser fatal. Considerando a situação de surto em São Paulo, crianças de 6 a 11 meses que forem viajar para as cidades que têm casos confirmados devem ser vacinadas, porém, essa dose deverá ser repetida na idade preconizada. Além das cidades do estado vizinho – a lista estará disponível abaixo – crianças de 6 a 11 meses que forem para Campina Grande do Sul, aqui no Paraná, também devem ser vacinadas com essa dose extra.

Os pacientes devem procurar a UBS mais próxima para verificar se está protegido e receber novas doses, se necessário. Quanto aos sinais e sintomas, ao apresentá-los, deve-se procurar imediatamente um serviço de saúde para as corretas condutas. Em caso de suspeita, os profissionais da Saúde farão a rápida comunicação à Vigilância Epidemiológica municipal para iniciar imediatamente ações de bloqueio e coleta de exames específicos para o Sarampo.

Como é uma doença de rápida transmissão, essas condutas são extremamente importantes, sendo que a vacinação é essencial para a prevenção. Em 2018, Ibiporã notificou cinco possíveis casos, sendo que todos deram negativos.

Cidades com surto ativo em São Paulo

São Paulo
Santos
Fernandópolis
Santo André
Guarulhos
São Bernardo do Campo
São Caetano do Sul
Mauá
Ribeirão Pires
Mairiporã
Pindamonhangaba
Sorocaba
Diadema
Indaiatuba
Osasco
Barueri
Caçapava
Caieiras
Embu
Estrela D’Oeste
Francisco Morato
Hortolândia
Itapetininga
Itaquaquecetuba
Jales
Mogi das Cruzes
Peruíbe
Praia Grande
Ribeirão Preto
São José dos Campos
Taboão da Serra
Taubaté

Rio de Janeiro

Paraty
Rio de Janeiro
Nilópolis

Pará

Prainha
Monte Alegre
Santarém
Porto do Moz

Sintomas do Sarampo

O sarampo é uma doença transmitida por secreções como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas, é de cerca de 12 dias, mas a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e estender-se até o quarto dia depois que surgiram placas avermelhadas na pele.

O sarampo é uma doença potencialmente grave. Em gestantes, pode provocar aborto ou parto prematuro. Confira os sintomas:

Fonte
Fonte: Danilo Pomin – Núcleo de Comunicação Social/PMI, com informações da Secretaria Municipal de Saúde

Artigos relacionados

Close