DestaqueLondrinaPolicial

Corpo encontrado no Centro de Londrina nesta terça-feira (22) é de jovem que estava desaparecido e polícia não descarta crime de homofobia

Hannan Silva desapareceu depois de sair do trabalho.

O corpo encontrado na tarde desta terça-feira (22), sob um banco na Praça Rocha Pombo, no Centro de Londrina é do jovem Hannan Silva, de 21 anos. Ele desapareceu na noite de segunda-feira (21) depois de sair do trabalho; Ele trabalhava em um shopping center na Zona Leste de Londrina, e sumiu por volta das 23h, quando voltava pra casa.

Entretanto, o celular de Hannan foi localizado às 1h30 da madrugada desta terça com um andarilho no Centro. O homem disse que achou o celular, e a polícia investiga a hipótese. Este é a segunda morte violenta na região em duas semanas.

O corpo tinha uma corda enrolada no pescoço e sinais de violência. A Polícia não descarta nenhuma hipótese, inclusive a de crime de homofobia – assim como nos últimos casos, Hannan também era homossexual. “Uma pessoa doce, e do bem. Não fazia mal nenhum”, disse um amigo de jovem que se abalou ao receber a notícia.

Praça onde o corpo dele foi encontrado, no Centro de Londrina – Foto: Derick Fernandes / 24Horas

Ao saber da possibilidade de se tratar do jovem, os familiares do rapaz entraram em desespero. A mãe dele precisou ser amparada pelos outros familiares ao chegar na praça e se deparar com o caminhão do IML. O choque foi saber que o filho tinha sido assassinado, e que na noite anterior havia saído do trabalho e estaria voltando para casa – como fazia todos os dias.

Uma amiga de Hannan que trabalha com ele, contou que se despediu do amigo antes dele desaparecer. “Ele passava por aqui todos os dias para ir para casa. Ainda estou sem palavras por isso”.

O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina.

 

 

Via
24 horas

Artigos relacionados