A construtora responsável pelas obras do novo Instituto Médico-Legal de Londrina, no norte do Paraná, pediu mais tempo para concluir o serviço. A obra deveria ter sido entregue no segundo semestre de 2015, mas só deve ser concluída no segundo semestre de 2017.

A Secretaria de Logística e Infraestrutura do Estado não informou em qual mês de 2017 o prédio será entregue. A estrutura está pronta e a cobertura, em fase final, no entanto falta o acabamento.

A obra do novo IML de Londrina começou em abril de 2014. No começo, avançou bem, mas o governo do estado foi atrasando os pagamentos para a empreiteira, até que no início de 2015, interrompeu de vez os repasses. Em maio, a construção foi retomada.

Enquanto o novo IML não fica pronto, o atual segue do mesmo jeito. Funcionando em um imóvel alugado e com uma estrutura precária.

Paredes mofadas, bancos enferrujados, forro deteriorado. Por mês, são gastos aproximadamente R$ 11 mil de aluguel. O IML de Londrina atende 36 municípios da região. Além da estrutura física precária, faltam médicos legistas. Há um ano não há plantão das 20h às 6h por falta de profissional.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado informou que tem um processo para a contratação temporária de funcionários, e este deve ser concluído nos próximos dias. Mas, não disse quantas vagas serão abertas pelo processo seletivo simplificado.


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009