GastronomiaInstitucional

Casa de Carnes Extra Carnes é a opção certa para seu churrasco

Carnes para o dia-a-dia ou para seu evento com procedência garantida

Há anos no mercado a Casa de Carnes Extra Carnes agora está em novo endereço. Com profissionais experientes, a Casa de Carnes Extra Carnes é a opção certa em carnes para o dia-a-dia ou para o seu churrasco do final de semana, com os melhores preços de Ibiporã.

Além das melhores carnes, na Casa de Carnes Extra Carnes da Avenida Ibrain Prudente da Silva, 1438, você também encontra assados para o final de semana, bebidas em geral e a novidade, o delicioso Chopp Queens. Todos os final de tarde tem espetinho e a Casa de Carnes Extra Carnes também tem disque entregas pelo telefone 3258-0008 ou WhatsApp 99980-0423.

Extra Carnes em Ibiporã

Qualidade e melhor preço, a Extra Carnes em Ibiporã surpreende qualquer um quando o assunto é churrasco, confira:

Publicado por Portal Tudo em Quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Vai fazer Churrasco: Veja as dicas para escolher e preparar a carne com perfeição

Que perdoem os vegetarianos, mas churrasco é uma paixão nacional. Símbolo da confraternização e da convivialidade com os amigos ou encontros de fim de semana com a família. Mas engana-se quem pensa que basta salgar a carne, colocar na grelha e o churrasco está pronto. Um bom preparo de carne na brasa requer alguns cuidados.

O primeiro passo é escolher a carne ideal para as altas temperaturas da churrasqueira. Os cortes maturados são ideais para o preparo na brasa e garantem o sucesso e a alegria do paladar de quem aprecia um bom churrasco. E isso independente das habilidades do churrasqueiro. 

Carne maturada ideal para o churrasco

A textura macia e a suculência da carne maturada são requisitos essenciais para apreciar o verdadeiro sabor do churrasco. A carne maturada é aquele que passa por um processo em que fica submetida, por um determinado tempo, a condições controladas de temperatura.

A maturação da carne quebra as fibras através de uma atividade enzimática natural, sem a adição de qualquer conservante químico. Já o tipo de carne, há algumas opções muito comuns e que devem ser a base na hora de fazer e oferecer um churrasco. Os tipos de carne que mais agradam são:

  • Picanha. A preferida do churrasco brasileiro, é apetitosa e suculenta, trata-se de uma carne gordurosa e macia após assada;
  • Costela. Com sabor indescritível, a costela, seja de porco ou de boi, é uma carne que sempre é destaque nos churrascos. Por possuir fibras grossas e compridas, seu tempo de cozimento é mais longo, aceitando temperos mais elaborados até o sal grosso puro e simples;
  • Fraldinha. Esse corte de carne possui fibras longas e pouca concentração de gordura, sendo conhecida como uma opção leve e macia. Aos adeptos das dietas de emagrecimento, é a carne ideal dos churrascos;
  • Maminha. Carne com grande concentração de gordura e, justamente por isso, a carne é macia, saborosa e suculenta;
  • Asinhas de Frango. Asinhas de frango são sempre bem-vindas nos churrascos, e fazem sucesso pelo sabor e por ser crocante;
  • Linguiça. Uma boa linguiça de porco é peça-chave no sucesso de qualquer churrasco

As dicas infalíveis para servir o melhor churrasco

Após a escolha da carne, a manipulação, o armazenamento e o tempero são procedimentos importantes durante o preparo. Além disso, a forma de acender a churrasqueira e a melhor posição para o braseiro também fazem a diferença.

Confira 8 passos para garantir o churrasco perfeito

1. Armazenamento 

Retire a carne da geladeira somente 30 minutos antes de levar para a brasa. Desse modo, a peça recupera suas características de cor e odor e absorve melhor o tempero.

2. Manipulação

Para acabar com qualquer dúvida, a carne nunca deve ser lavada. A suculência dos cortes é garantida pelo suco da própria peça, que mantém a peça úmida. 

3. Tempero

Sal e fogo! E só. Quase sempre, essa é a premissa que deve valer, inclusive quando o assunto é nosso bom churrasco. Marcelo Silva, churrasqueiro profissional e gaúcho, dá uma dica importante: “um dos grandes erros do churrasco é salgar a carne muito antes de se colocar na grelha. Não! O sal deve ser colocado no instante anterior de assar. Quando salga antes, a carne desiderata e perde o sabor”, ensina. É importante também sempre usar sal grosso.

4. Brasa

Escolha sempre carvão de boa qualidade, com pedaços grandes e secos. Assim, é possível acender a churrasqueira de maneira mais fácil, e o braseiro se formará rapidamente, fazendo com que o ar circule bem. É importante manter uma temperatura constante e controlada, sem labaredas. Todas as vezes que for preciso abastecer a churrasqueira novamente, a dica é colocar o novo carvão na lateral do equipamento e nunca em cima da brasa já formada. 

5. Fogo

Para grelhar, use a parte mais baixa da churrasqueira e menos tempo de cada lado da carne. Com o braseiro forte, deixe, normalmente, a carne de cinco a oito minutos de cada lado. Se a ideia é assar, utilize a parte mais alta da churrasqueira, trabalhando com temperatura mais baixa e tempo maior de cocção – pode-se até usar espeto giratório, especialmente no caso de peças maiores de carne.

6. Grelha

Aqueça a grelha antes de colocar a carne para assar. Além disso, as peças nunca devem ser colocadas na brasa em momentos de labareda. 

7. Ponto

O tempo na churrasqueira não é o único fator importante para saber o momento em que o ponto do corte atinge a perfeição. A percepção do churrasqueiro é essencial! No momento em que o suco da carne fica aparente, significa que a carne já está pronta para virar. Repita o processo do outro lado do corte e o ponto estará perfeito. 

Com informações: A Revista da Mulher

Artigos relacionados

Close