DestaqueIbiporã

Aninha Caligiuri: escritora e cantora lírica ibiporaense de uma trajetória de sucesso

Aninha Caligiuri nasceu em Ibiporã, na tarde de 18 de junho de 1942, mas reside em Maringá desde fevereiro de 1961. Filha de Maria Rodrigues de Bartholo Caligiuri (in memoriam) e de Antonio Caligiuri (in memoriam), que foi o construtor da Paróquia Nossa Senhora da Paz de Ibiporã (Igreja Matriz).
 
Aninha é professora alfabetizadora, pedagoga com habilitação em Magistério e Administração Escolar pela Universidade do Oeste Paulista em Presidente Prudente – SP.
 
Publicou em 1978 seu primeiro livro: “Sussurros e exalações – poemas”, pela Editora Clichetec Ltda, de Maringá.
 
Desde o dia 12 de agosto de 2007, representante no Brasil de Calabria Mondo – Associazione Culturale Calabresi nel Mondo. Calábria – Itália.
Publicou em dezembro de 2007 o seu segundo livro: “As raízes de um Caligiuri de Savelli – Itália (Histórias de Famílias)”, por Editorial Dunken de Buenos Aires – Argentina. Apresentado em várias cidades da Itália, em maio de 2008.
 
Desde 13 de abril de 2008, consulesa para a Zona Central de Maringá do “Movimiento Poetas del Mundo”.
 
Em agosto de 2010 publicou seu terceiro livro: “Don Carlos Eduardo Perez Llewellyn – 40 años de lealtad a la Democracia Cristiana de Chile”, pela Editora Casa do Novo Autor, de São Paulo – SP. Lançado na XXI Bienal Internacional do Livro de São Paulo – SP.
 
Aninha Caligiuri participou de várias antologias e coletâneas nacionalmente. E internacionalmente com seus poemas nas antologias: “Mujeres en la História”, no qual faz homenagem à sua avó Luzia Chiara Caligiuri (in memoriam) e “Poemas por Palestina”, ambas na Espanha.
 
Recebeu em abril de 2012 da Ordem dos Músicos do Brasil – Cresp – São Paulo, o Diploma de Honra ao Mérito, como mezzosoprano, com sua interpretação da canção “Ave Maria” de Schubert, com indicação de seu nome pelo Maestro Eduardo Roz, fundador e reitor da Faculdade Livre de Música de São Paulo – SP.
 
Recebeu em janeiro de 2014, no Rio de Janeiro – RJ a Comenda Pastor Dr. A. B. Christie, agraciada por Dom Moysés Barbosa, Bispo Primaz, presidente da Soberana e Real Ordem Religiosa das Testemunhas de Jesus Cristo.
 
Recebeu em novembro de 2014, também no Rio de Janeiro – RJ, o Grão-Colar Excelso e Soberano Excelência Musical-Destaque Nacional- Brasil 2014, agraciada pelo Instituto Brasileiro de Pesquisas Avançadas Nacionais e Internacionais – IBPANI.
 
Também em novembro de 2014, recebeu a titulação: Diamante da Música Lírica Mezzosoprano Internacional, pela Soberana e Real Ordem Religiosa das Testemunhas de Jesus Cristo.
 
Em maio de 2015, recebeu a titulação: Dama de Honra da Música Lírica Mezzosoprano dos Cinco Continentes, pelo Instituto Brasileiro de Pesquisas Avançadas Nacionais e Internacionais – IBPANI.
 
Em junho de 2015, recebeu a Comenda de Excelência Musical Heitor Villa-Lobos, agraciada pela Academia de Ciências, Letras e Artes São Paulo Apóstolo, em Manaus – Amazonas.
 
Em setembro de 2015, recebeu a titulação: Rainha da Música Lírica Mezzosoprano do Universo, pelo Ministério Evangélico Internacional Valorizando a Vida, no Rio de Janeiro – RJ.
 
Em dezembro de 2015, Aninha lança seu primeiro álbum “TENEREZZA”, pela Digital Gravações de Maringá, no qual canta 14 canções no idioma italiano.
 
Desde o dia 18/03/2013, Aninha Caligiuri é embaixadora da Paz pelo Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix, Suisse/France, e pelo Supreme Consistory On Internacional Ambassadors For Peace desde de 2015.
 
Em 2015, no Rio de Janeiro – RJ, é nomeada pelo presidente Prince Dom Alexandre Camêlo Rurikovich Carvalho como a Acadêmica Correspondente da Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes – Febacla.
 
E, em junho de 2016, recebe diplomas de reconhecimento como cantora lírica mezzosoprano, pelo “Istituto Italiano di Cultura di Firenze”, de Regione Toscana – Itália, e pela “Society Civil Europe”, de Veneza – Itália.
 
Seu livro “As raízes de um Caligiuri de Savelli – Italia” foi apresentado em Savelli, cidade onde nasceu seu avô Caligiuri, pioneiro de Ibiporã, e muitas outras cidades da “Regione Calabria”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.