Os mais de 10 mil habitantes de Joaquim Távora (53 km de Jacarezinho) viveram momentos de pânico na tarde de terça-feira (2) depois que a informação de uma ameaça de ataque criminoso a uma escola passou a circular pela cidade.

Inicialmente tratada como boato, a informação resultou na prisão preventiva do acusado de fazer as ameaças.

Segundo o delegado Rubens José Perez, um homem de 32 anos identificado como Willians de Jesus Bubna teria revelado a um morador a intenção de invadir uma escola para assassinar alunos e professores, reforçando, inclusive, que estaria pronto para entrar em confronto com a polícia.

A informação se espalhou rapidamente em grupos de WhatsApp e no Facebook, fazendo com que as escolas interrompessem as aulas e os telefones da Polícia Militar tocassem incessantemente.

O delegado confirmou que Bubna cumpriu pena por homicídio e por atear fogo na casa de um parente, ficando preso por mais de 13 anos. “É uma pessoa de alta periculosidade que pode cometer uma atrocidade dessas a qualquer momento. Temos provas que comprovam sua intenção de praticar um crime coletivo, por isso pedi sua prisão preventiva”, afirmou Rubens Perez.

 

Com informações da Massa News


Warning: A non-numeric value encountered in /home/u518741285/domains/portaltudo.com.br/public_html/wp-content/themes/portal2017/includes/wp_booster/td_block.php on line 1009