Cerca de 600 profissionais da Rede Municipal de Ensino, entre diretores, coordenadores e professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental (anos iniciais) participaram ao longo da semana passada de formações continuadas. O objetivo foi atualizar a formação dos professores para melhorar o trabalho em sala de aula.

A abertura oficial do ano letivo ocorreu na quarta-feira (31/01) com a acolhida aos educadores feita pelo prefeito João Coloniezi e a secretária de Educação, Margareth Coloniezi. Em sua fala, Margareth destacou a necessidade de o professor se valorizar profissionalmente diante de um cenário marcado pelo avanço tecnológico e científico. “Educar envolve e exige muito mais do que a transmissão dos conhecimentos adquiridos historicamente. É necessário primar pela qualidade da educação e de vida. Por isso as capacitações constantes para que vocês desenvolvam cada vez mais o senso crítico, ressaltando a importância do professor no processo de ensino-aprendizagem”, salientou Margarth.

Em sua fala, a secretária revelou que o ano letivo da Rede Municipal de Ensino está iniciando com professores em todas as turmas. Além disso, acrescentou a secretária, o ensino de produção textual será reforçado por meio de um grupo de professores que atuará em parceria com os professores regentes. “Isso é resultado de planejamento, organização. Agradeço a cada um de vocês que está aceitando os desafios e propostas de mudança. Quando a equipe é completa e fala a mesma língua o trabalho flui”, ressaltou.

O prefeito desejou aos servidores um bom retorno às atividades e enfatizou o papel dos educadores na formação das crianças. João Coloniezi aproveitou a oportunidade para fazer uma prestação de contas de 2017 e anunciar os projetos para este ano. “Graças à gestão eficiente dos recursos, executamos aquilo que havíamos proposto para 2017 e entramos em 2018 com os compromissos quitados e orçamento para as várias obras que realizaremos este ano, como a construção de CMEIs, escolas, novos espaços esportivos e recape asfáltico.

O Chefe do Executivo destacou que o Município investiu em 2017 R$29 milhões em Educação, o que corresponde a 26,34% das receitas correntes, índice superior ao determinado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 25%.

Volta às aulas

As aulas para os cerca de 5.600 alunos da rede municipal de ensino de Ibiporã (Ensino Fundamental anos iniciais, Educação de Jovens e Adultos – EJA e Educação Infantil) começaram nesta segunda-feira (05). Não houve alteração no horário de atendimento. As aulas do período matutino são das 8 às 12h e das 13 às 17 horas. Nas escolas de período integral o horário é das 8 às 16 horas.

A Secretaria de Educação informa que não haverá aulas na segunda (12/02) de Carnaval e na Quarta-feira de Cinzas (14). O primeiro semestre para os alunos do Ensino Fundamental (anos iniciais) encerra-se em 6 de julho. Já para os alunos matriculados na EJA as aulas terminam dia 4 de julho.