Professores da rede estadual de ensino ameaçam entrar em greve no início do ano letivo de 2018. No último sábado (25), os funcionários debateram e aprovaram calendário de mobilização apresentado pela direção e pelo Conselho estadual em Curitiba.

De acordo com o sindicato da categoria, os educadores do estado aderiram à paralisação convocada pelas centrais sindicais no próximo dia 5 de dezembro.

A APP Sindicato reivindica reajuste salarial de 8,53% referente a 01 de janeiro de 2016 a 30 de abril de 2017 para aposentados na ativa, cumprimento da lei da jornada 1/3 hora atividade e  reajuste do vale alimentação e pagamento do salário mínimo regional para os(as) funcionários(as) de escola.

 

Com informações do Tarobá News