O latrocínio de Regino do Carmo, 56 anos, foi desvendado pela Polícia Civil. Ele foi morto com pelo menos 20 facadas pelo corpo no dia 22 de outubro no jardim Kaluana em Ibiporã.

De acordo com a Polícia Civil, trata-se de um crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. O acusado negou a versão da Polícia e afirmou que teria esfaqueado a vítima em legítima defesa, pois estaria sendo agredido pelo homem após uma desavença.

 

O crime

As investigações concluíram que Rodrigo José da Silva 26 anos, apelidado de “Primo It”, estava dentro do veículo da vítima, um Voyage, quando deu voz de assalto contra Regino, que teria reagido e entrado em luta corporal contra o agressor.

Ainda no interior do carro a vítima recebeu as primeiras facadas, antes de abandonar o veículo e tentar fugir. O agressor perseguiu o Regino e desferiu mais golpes de faca. O crime aconteceu por volta das 23h.

 

Com informações do Tarobá News