Com as presenças do prefeito, João Coloniezi, da primeira-dama e secretária Municipal de Educação, Margareth Coloniezi, da secretária Municipal do Trabalho, Maria Romana, da secretária Municipal de Assistência Social, Lívia Suguihiro, dos vereadores Rafael da Farmácia e Ilseu Zepelini, entre convidados e representantes das entidades, foram distribuídas, no último dia 25 (sexta-feira), para o Hospital Cristo Rei, para os Complexos Educacionais Municipais Carinho Materno, Barbara Machado, Precioso Tesouro, Menino Deus, Alberto Spiaci, Maria Cristina e para a Casa Lar cerca de 1.300 peças de vestuário de tamanhos variados, como blusas, calções, camisetas, conjuntos de moletom, entre outras, feitas por costureiras do projeto “Ibiporã na Linha do Futuro”.

Houve um momento especial em que as alunas e agora profissionais de facção industrial foram entregar no Cmei ao lado do Centro Tecnológico do Trabalho de Ibiporã (CTTI) suas confecções feitas durante o curso. Foi uma grande festa e satisfação.

O projeto “Ibiporã na Linha do Futuro” consiste em uma ação da Administração Municipal para a geração de trabalho e renda na área de costura (facção industrial). “O município de Ibiporã, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, fez levantamentos e vem trabalhando na criação de um projeto inovador, no qual serão envolvidos munícipes com potencial em criar, inovar e empreender através da costura, na área da facção industrial. Serão criados grupos, com apoio do município, proporcionando qualificação, acompanhamento, a fim de garantir trabalho digno, onde possamos prosperar juntos”, explicou a secretária do Trabalho, Maria Romana.

Vale ressaltar que todos os cursos são custeados pela Prefeitura Municipal de Ibiporã, sem custo aos participantes.