Novos talentos musicais de Ibiporã foram revelados na noite do último domingo (26), durante o “1º Canta Ibiporã – Show de Calouros”, realizado no palco do Cine Teatro Padre José Zanelli. Do gospel ao sertanejo, 29 candidatos  residentes em Ibiporã e que não exercem profissionalmente a função de cantor defenderam as músicas sob os olhares atentos de uma plateia que lotou o Cine Teatro.

O show de calouros foi promovido pela Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo e Núcleo de Comunicação Social, e integrou as comemorações pelos 70 anos de emancipação política de Ibiporã.

As disputas ocorreram em duas categorias – Adulto, com 16 concorrentes, e Infantil – com 13 candidatos. Para a apresentação, a organização do concurso disponibilizou um playback. Alguns cantores também utilizaram um instrumento como base musical.

Os calouros foram julgados por uma comissão formada pelas duplas ibiporaenses João Márcio e Fabiano e Bruno e Dione e Fabiano Ribeiro, da Epic Sound Estúdio. Dentre os quesitos analisados: desenvoltura no palco, interpretação/expressão, voz/afinação e interação com a plateia.

Enquanto os votos eram apurados João Márcio e Fabiano e Bruno e Dione cantaram alguns de seus sucessos e animaram ainda mais a noite repleta de emoção.

Na categoria Infantil (5 a 17 anos) a classificação ficou a seguinte:

1º lugar – Carlos Eduardo Pavão Ponciano. Música: “Dona Maria”

2º lugar – Agatha Businhani. Música: “Era uma vez”

3º lugar – Gabriele Sophie. Música:  “We don´t talk anymore”

Os vencedores desta categoria receberam premiação em dinheiro.

Na categoria Adulto (a partir de 18 anos) os vencedores foram:

1º lugar: Matheus Vieira Bezerra da Silva. Música: “Que pena que acabou”

2º lugar: Fernando e Leonardo: Música: “Zé Trovão”

3ºlugar: Clevinho Santana: Música: “Você merece cachê”

O melhor cantor/intérprete na categoria Adulto ganhou a gravação de um single (acústico) em estúdio musical profissional, com instrumentos de percussão, violão, contrabaixo e piano. Além da gravação de um clipe musical gravado no mesmo estúdio com até duas câmeras com a mesma duração da música gravada, oferecimento Epic Sound Estúdio. O segundo e terceiro lugares receberam prêmio em dinheiro – R$300 e R$200,00, respectivamente.

O chefe do Núcleo de Comunicação Social, Bruno Thiago Silva, fez uma avaliação positiva do “1º Canta Ibiporã”. “Apesar do pouco tempo para organização e inscrição dos candidatos – uma semana – tivemos um bom número de participantes, uma demonstração da efervescência cultural de nosso município, e uma forma de estimular e revelar novos talentos”, ressaltou Silva.

O secretário de Cultura e Turismo, Agnaldo Adélio, adiantou que já no início de 2018 haverá uma segunda edição do “Canta Ibiporã”, com processo fragmentado das audições, oportunizando que mais pessoas participem do concurso.