DestaqueIbiporãNotíciasParanáPolitica

Cohapar: Ibiporã e prefeituras da região firmam convênio de adesão ao cadastramento online

As prefeituras de Ibiporã, Bela Vista do Paraíso, Jaguapitã, Jataizinho, Miraselva, Pitangueiras, Prado Ferreira e Sabáudia, na região Norte do Paraná, assinaram nestas quinta e sexta-feira (15 e 16) os convênios de adesão dos municípios ao novo sistema de cadastramento online da Cohapar.

A ferramenta substitui os mutirões promovidos a cada dois anos nas localidades e promete facilitar e unificar as inscrições de novos pretendentes a futuros projetos habitacionais em todo o Paraná.

Por meio do novo modelo, os cidadãos podem fazer uma pré-inscrição que os habilita a participar dos processos seletivos de novos empreendimentos habitacionais construídos em seus municípios. Com um computador, smartphone ou qualquer outro dispositivo com acesso à internet, o cadastro pode ser feito a qualquer hora e de qualquer lugar.

Os interessados em se inscrever ou atualizar o cadastro familiar devem acessar o site www.cohapar.pr.gov.br/cadastro. As parcerias com as prefeituras visam atender principalmente aquelas famílias que possuem dificuldade de acesso à internet ou têm problemas com algum aspecto técnico do cadastramento.

De acordo com o coordenador regional da companhia em Londrina, João Sena, a proposta tem recebido uma boa aceitação por parte das prefeituras. “Estamos sendo bem recebidos, pois trata-se de um benefício para as pessoas, mas também para os municípios”, conta. “Com o novo sistema, o cidadão pode fazer o seu cadastro sem precisar se deslocar e a qualquer hora e assim poder ficar mais perto de conseguir uma casa própria”, acrescenta Sena.

Próximos passos

Após as assinaturas do termo, a Cohapar definirá um cronograma de capacitação dos técnicos municipais que ficarão responsáveis por auxiliar as pessoas a efetuarem ou atualizarem suas inscrições pessoalmente. Atualmente, os interessados já podem buscar ajuda na sede da empresa, em Curitiba, ou em um dos 12 escritórios regionais espalhados pelo Estado.

Com informações da AEN.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close