DestaqueIbiporã

Bradesco passa a gerenciar folha de pagamento dos servidores municipais

O Banco Bradesco, nova instituição responsável pelo gerenciamento e processamento da folha de pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal de Ibiporã, iniciou esta semana o processo de abertura da conta salário dos funcionários.

Uma estrutura especial foi montada para formalizar a abertura das novas contas dos servidores no Centro Tecnológico do Trabalhador de Ibiporã (CTTI). O banco mobilizou cerca de 20 funcionários e a estrutura de uma verdadeira agência onde os mais de dois mil servidores (ativos, aposentados e pensionistas da Administração Direta e Indireta) serão atendidos até o dia 29, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas.

Segundo o Departamento de Gestão de Pessoas, os servidores deverão observar no cronograma enviado por e-mail a data de abertura de sua conta conforme a letra inicial do nome, bem como a documentação necessária. O departamento informa que a migração das contas para recebimento do pagamento ocorrerá na folha de março, com vencimento no final respectivo mês.

De acordo com o contrato firmado, a conta não terá qualquer custo de abertura ou manutenção. Os que desejarem permanecer recebendo em outro banco podem solicitar a portabilidade, conforme estabelece a resolução nº 3.402/06 do Banco Central do Brasil.

A nova parceria entre o Bradesco e o Município deu-se após uma licitação (pregão 116/2017) em que apenas os Bancos Bradesco e Itaú participaram da disputa realizada no final do ano passado. O contrato com a Caixa Econômica Federal venceu em dezembro de 2017 e foi necessário fazer uma nova licitação. A Caixa não se interessou em continuar prestando o serviço para a Prefeitura Municipal de Ibiporã.

Conforme a Secretaria Municipal de Administração, o Bradesco pagou R$2 milhões 101 mil ao Executivo para ficar responsável pelo pagamento do funcionalismo durante os próximos cinco anos. O valor arrecadado poderá ser destinado para investimentos em diversos seguimentos e políticas públicas, tais como saúde, educação, infraestrutura, assistência social entre outras.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close