Imagem: Reprodução

O mundo levou 4,5 bilhões de anos para tomar a forma que conhecemos, porém, foi necessário apenas um século para que a paisagem da crosta terrestre mudasse radicalmente. De um contexto agrário — no qual as cidades ficavam distantes uma das outras e a comunicação era escassa, cara e inacessível —, passamos para uma realidade onde todos estão conectados, e o índice de urbanização do globo, antes pífio e estagnado, hoje parece totalmente irrefreável.

E, para mostrar o impacto da globalização na paisagem da Terra, nós recorremos à boa e velha fotografia — que também experimentou mudanças desde que foi inventada. Através dela, podemos perceber que as igrejas deixaram de ser os edifícios mais altos das cidades e que, mesmo assoladas por guerras e catástrofes naturais, as cidades sempre conseguiram se reerguer e atribuir novos significados aos seus espaços. A seguir, você confere alguns exemplos:

1. Rysstad, na Noruega

1

2. Dresden, na Alemanha

2

3. Paris, na França

3

4. Poznan, na Polônia

4

5. Moulin Rouge em Paris, na França

5

6. Monte Saint-Michel, na França

6

7. Reichstag, na Alemanha

7

8. Torre Eiffel em Paris, na França

8

9. Geleira Sheppard, nos Estados Unidos

9

10. Almoço no alto de um arranha-céu em Nova York, EUA e Londres, na Inglaterra

10

11. L’viv, na Ucrânia

11

12. Sultão Abdul Samad, na Malásia

12

13. Edimburgo, na Escócia

13

14. Hanói, no Vietnã

14

15. Kuala Lampur, na Malásia

15