1. Reconheça que está na hora de seguir em frente

Sofrer pelo que passou não adianta. Por mais que algumas atitudes lá de trás ainda tenham impacto sobre as nossas vidas no dia de hoje, o que podemos fazer é mudar o futuro e não o passado. Portanto, reconhecer que é hora de seguir em frente é o primeiro passo para superar alguns traumas.

2. Faça uma lista

Se o que já foi feito não tem como ser mudado, ao menos podem servir de aprendizado para o futuro. Assim, faça uma lista de atitudes que você errou lá atrás e que podem mudar o seu jeito de agir daqui para frente. Isso ajuda a desenvolver o senso de planejamento e a viver pensando nas consequências de seus atos.

3. Tenha confiança

O fato de você ter errado em algo no passado pode ter minado a sua autoconfiança. Agora, vale a pena viver achando que vai errar novamente? Provavelmente você cometerá outros erros, mas também muitos acertos. Portanto, tente aprender ao máximo com suas falhas para que elas não se repitam e acredite em si mesmo de que é possível aprender com esses infortúnios.

4. Faça meditação

Quando os pensamentos torturantes do passado começarem, tente pausar o que está fazendo e arejar a cabeça. A meditação é ótima para isso, já que limpa e organiza os pensamentos, ajudando a ficar mais calmo. Treine técnicas de respiração, se concentre em seu bem-estar e seja feliz!

5. Aprenda a perdoar

Remoer o rancor nunca é uma atitude saudável. Para isso, é fundamental aprender a perdoar, tanto a si mesmo quanto os outros. Compreender que o ódio e/ou a tristeza não vão mudar as atitudes erradas do passado pode ser uma forma de passar por cima disso e seguir em frente. Tente ver que quem te magoou nem sempre fez isso com essa intenção, mas, se fez, seja autossuficiente e assuma para si mesmo que você não precisa depender do agir dos outros para ser feliz, você é capaz de estar bem consigo mesmo e, naturalmente, com os outros, apenas com o seu amor próprio.